Educação a Distância sem crase, por favor!

Em 18.11.2015   Arquivado em EaD, Expressões da EaD

educação-a-distância

Qual a sua percepção de um serviço quando a divulgação está com erros de ortografia ou de grafia?

É difícil de engolir, né?!

Muitas vezes percebemos que estes erros se devem ao fato de haver uma escrita apressada e não revista ou por falta de pesquisa sobre a maneira correta.

E o resultado disso é cair em descrédito pelo público. Na maioria das vezes, por um simples errinho.

A mesma coisa acontece quando uma empresa de educação, fornece um serviço de “educação à distância”. Fuéén!!!

Quantas vezes já não vimos esta forma de escrita? São placas, faixas, outdoors, folders, imagens bonitinhas…

Mas está errado! E é necessário aprendermos de uma vez por todas e compartilharmos essa informação com nossos colegas, professores, coordenadores de curso e até chefe! Por que não?!

Já que estamos nesse mundo tecnológico, que ele seja perspicaz e exato!

ead-sem-crase

Então, meus amores, o correto é Educação a Distância. Sem crase. E não é só educação que é a distância…é curso a distância, ensino a distância, aula a distância, graduação a distância…

E a explicação pra isso?!

Segundo a gramática, a expressão “a distância” só pode ter crase se tiver a formação de locução prepositiva “à distância de”. Se não tiver essa formação, não pode ter crase.

Ou seja, se a frase for: “O brinquedo estava à distância de 1 metro da criança”, vai ter crase!

Agora, se a frase for: “A mãe vigiava a criança a distância”, não vai ter crase…

Explicando melhor ainda: Se a palavra distância estiver especificada, como na primeira frase (1 metro), deve-se usar a crase. Já na segunda frase, como não há especificação da distância, não deve usar.

Simples assim!

Pronto! Se até hoje você escrevia de forma incorreta, chegou a hora de mudar!

Ao infinito e além (do conhecimento)!!!